Arquivo da tag: ps vita

Uma tirinha sobre o novo “Mega Man”

Vi essa em um fórum que participo e achei fantástica, resolvi fazer a tradução e trazer pra cá.

Way to go Inafune e Mighty No. 9!

Mighty No. 9 tirinha

Tá aqui o perfil do autor da tirinha original.

Já foi no Kickstarter dar o seu apoio? Não? Tá esperando o que, po$%@? Não sabe do que se trata? Olha o post anterior!

assinatura pnmp


Mestre Inafune está precisando de apoio no Kickstarter pra criação do sucessor espiritual de Mega Man

banner noticias

Inafune

Desde que saiu da Capcom, o mestre Keiji Inafune (só o mísero criador de Mega Man e produtor de jogos como Dead Rising e Onimusha entre outros clássicos), tem estado ocupado na produção intensa de novos jogos.  Já saiu dele, para o Vita, Soul Sacrifice, J.J. Rockets, para android, Bugs vs Tanks, jogo da e-shop para 3DS e ainda estão a caminho Yaiba: Ninja Gaiden Z e Kaio: King of Pirates, mas a onda da vez do mestre é o sucessor espiritual de Mega Man.

Mighty No. 9 é o nome do game e tenho que dizer, a belezinha está realmente com cara de Mega Man. Segundo a descrição, o jogo é um side scroll pegando os melhores elementos das gerações 8 e 16 bits. Na tradução livre descrita no kickstarter: você joga como Beck, o nono em uma linha de poderosos robôs, e o único não infectado por um misterioso vírus de computador que deixou as criaturas mecânicas do mundo loucas. Corra, pule, atire e transforme seu caminho por seis fases (ou mais, via objetivos alcançados) que você passa na ordem que quiser, usando armas e habilidades roubadas de seus inimigos para derrubar seus companheiros robôs Mighty Numbers e confronta o mal definitivo que ameaça o planeta!

Escolher fases na ordem que quiser, usar armas e habilidades roubadas dos seus inimigos… isso te lembra algum outro jogo? Sem dúvida será um Mega Man com as novidades que nós fãs gostaríamos que a Capcom é quem tivesse apresentando com o seu mascote oficial.

mighty n9

Olha essa foto e diz que não é o Mega Man com a beleza visual que você esperava na geração atual?

Way to go, mestre Inafune, eu já fiz a minha contribuição e espero que você também faça, porque o jogo está previsto inicialmente para a Steam, e será portado conforme alcance maior apoio no kickstarter, para os consoles. Caso você tenha apoiado e esses objetivos sejam alcançados, você terá a opção de escolher qual plataforma quer jogar. Pela velocidade que estão subindo os fundos de apoio, não vai demorar a atingir as metas pedidas não.

Cópia de si mesmo pode ser considerado plágio? Se é o Inafune e Mega Man, quem se importa?

Cópia de si mesmo pode ser considerado plágio? Se é o Inafune e Mega Man, quem se importa?

Vai lá no Kickstarter dar o seu apoio, o mestre Inafune, sem falar no mercado dos games, merece!

Atualizando: Em menos de 48 horas o projeto já ultrapassou a meta pretendida pra produção do jogo, vamos esperar e ver em quantos dias ele ultrapassa os 2 milhões e meio necessários para garantir a produção das versões para os consoles. O apoio tá tão grande que até outros estúdios estão entrando na onda, o estúdio Renegade Kid ofereceu apoio para levar Mighty No. 9 para o 3DS.

twitter mighty no 9

assinatura pnmp


Gamescom: Um pequeno (?) resumo

gamescon

Trabalhando o dia todo e com internet bloqueando conteúdos com temática de games ou de redes sociais, fica difícil conseguir acompanhar os grandes eventos ao longo do dia. Falta tempo mesmo pra conseguir assistir de noite e assimilar as informações dadas, mas vamos lá…

1. Datas de lançamentos de PS4 e o que virão de jogos de início para ele e XOne

Sony finalmente confirmou a data de lançamento para o seu novo console, dia 15 de novembro nos Estados Unidos e 29 de novembro na Europa e também no Brasil, mudando os planos de lançamento conjunto nosso com o americano.

Rime, exclusivo para PS4... Uma das lindezas anunciadas dos pequenos estúdios para a próxima geração

Rime, exclusivo para PS4, uma das lindezas anunciadas dos pequenos estúdios para a próxima geração.

Junto do console serão lançados uma boa lista de jogos, tais como Drive Club, Knack ou War Thunder.

Já para o XOne data de lançamento ainda não tem, mas dos lançamentos, algumas novidades como Crimson Dragon, Killer Instinct ou Ryse estarão lá na mesma data do console. O XOne será lançado na Europa com Fifa 14, me pergunto se o farão no resto do mundo.

2. A Sony enfim resolveu dar mais atenção ao Vita

Parece que a estratégia de abraçar os pequenos estúdios vem tomando um rumo. Diversos dos jogos indies a sair terão exclusividade entre os consoles, para os aparelhos da Sony. Alguns sendo multi (Ps Vita/Ps4) e outros exclusivos do portátil, é o caso de Murasaki Baby, joguinho bizarro que parece fazer bom uso das funções touch e giroscópicas do aparelho e Big Fest, jogo no qual você é um produtor de eventos musicais.

Além disso foi anunciado um corte no preço, o Vita passará a custar 199 dólares. Memory cards também terão preços reduzidos.

3. Demais anúncios da feira

Videozinho de gameplay de Titanfall só pra babar no ritmo frenético desse shooter futurista com mechas

E mais um Fable, agora permitindo jogar co-op com 4 jogadores, e ainda poder escolher o caminho do vilão, utilizando do smartglass pra ajudar a controlar lacaios e atrapalhar os heróis

E lá vem The Sims 4 com um teaser…

… e com um vídeo apresentando as novidades

Borderlands 2 será lançado também para o Vita…

borderlands-2-ps-vita-1377027850017_450x253

4. Opinião

Gostei bastante do lineup das 2 empresas para o lançamento. Se os erros do laçamento do PS3 fizeram a Sony aprender o suficiente pra recuperar a hegemonia da marca Playstation, a dedicação quase que exclusiva ao kinect nos últimos 3 anos e o planejamento furado da Microsoft para o XOne também fizeram ela correr atrás do prejuízo pra agradar aos fãs. Quem sai ganhando com essa história? Nós! A Sony tá dando toda a atenção possível a grandes e pequenos estúdios, evoluindo o tratamento com estúdios independentes, e trazendo milhares de novidades para os gamers.

A coisa melhorou tanto que resolveram dar a atenção em um rumo que acho muito bom para o Vita. Se o planejamento usando gráficos ultra avançados não deu certo, mesmo tirando o diferencial de interatividade para o concorrente da Nintendo, ao menos os novos jogos indies serão uma ótima (e barata) opção para jogar no portátil, e isso muito me interessa. Fiquei muito curioso para jogar Murasaki Baby, e acho até que seria hora de voltarem com os jogos diferenciais do predecessor, o psp. Games como Patapon ou Loco Roco seriam excelentes no Vita. Isso sem falar na queda de preço né, o que já estou vendo a Nintendo sendo obrigada a baixar o preço do 3ds caso o console da Sony passe a vender mais com essa redução e os novos títulos independentes. Finalmente vão baixar o preço dos cartões de memória também, não tem nada mais babaca do que inventar uma mídia exclusiva pro seu aparelho e colocar o preço dela lá em cima, te fazendo ficar em dúvida se compra um cartão ou um ou 2 jogos novos.

Por outro lado a Microsoft vai ter que correr atrás do prejuízo depois de tanta lambança. Tudo que foi planejado inicialmente pro XOne foi retirado aos poucos, inclusive a recente desobrigação em usar o Kinect sempre. Só espero que agora lancem uma edição sem ele, pra baratear o preço do console, se é que isso faz diferença, tendo uma máquina virtualmente mais fraca que o PS4. Mas no quesito jogos, a Microsoft ainda tem uns trunfos, não faz parte dos títulos de lançamento, mas se tem um jogo que vai me fazer sentir falta de ter o XOne até eu ser rico pra sustentar os 2 aparelhos, ou uma alma caridosa resolver me presentear, ou os 2, é Titanfall. Esse vídeo apresentado acima me deixou empolgado. Gosto de shooters, não é meu gênero favorito, mas quando o jogo chama a atenção, f&#@-se se é mais um no gênero. Correria frenética, pulos pelas paredes, utilização ou não de mechas, matar pilotos inimigos que ejetam de mechas, matar soldados inimigo quando você ejetar do seu mecha, e por aí vai… Me parece que será uma correria louca!

Killer Instinct parece que será ainda mais roubada do que se esperava. Serão lançados 6 personagens extras na primeira leva, cada um por 5 dólares (Jago é o único liberado com o jogo “gratuito”), pra levar um pacote com os 6 você pode pagar 20 dólares. Mais personagens serão lançados posteriormente com mais packs… Sério, to sem entender essa estratégia da Microsoft com Killer Instinct, isso tem um cheiro de cagada pesada com uma franquia que não merecia isso em sua volta.

O medo do futuro controle de conteúdo e drm’s que parecia começar a entrar no mercado nessa geração tem dado espaço a ansiedade e expectativa. Sei que não comprarei um console da nova geração tão cedo (ylods e 3rls me ensinaram nessa a não entrar em barco furado sem antes esperar um tempo hábil para testes), mas vou ficar passando uma vontade feroz vendo o novo desempenho dos futuros consoles. Agora tá um momento com cara de véspera de próxima geração de verdade.

Que venha a nova geração!

assinatura pnmp


Oh God, fatalizem-me

A Warner Interactive tem lançado alguns pequenos VT’s em live action de Mortal Kombat para divulgar o port do jogo para PS Vita. Semana passada eles soltaram um VT com a Kitana, essa semana com a Mileena. Devo dizer, que piteu hein?? Fatalizem -me (mentira, façam isso não, senão depois quem me fataliza de verdade é a Big Boss).

O  VT da Kitana se passa em um cenário urbano bem comum as pessoas, e faz uma associação à personagem do jogo, com uma jogadora, reforçando a ideia de que você agora pode jogar em qualquer lugar. Ficou bem insólito sem nenhuma fala e um tom a “la filme cult” como efeitos sonoros.

Já o de Mileena é um pouco mais isolado, sendo no meio do nada, próximo a uma trilha de trem.

O game tem lançamento marcado pro seu feriado de dia do trabalhador, então cê vai poder jogar sossegado sem se preocupar em ter que ir trampar.


Netflix: a mais nova forma de assistir filmes usando os videogames

Se você tem um PS3 ou um Xbox 360, com acesso às redes online SEN ou LIVE, já deve ter notado o não tão novo canal do Netflix. Recém-chegado ao Brasil, o Netflix aproveitou a nacionalização dos consoles por aqui e, com propagandas massivas nos canais de televisão, engoliu os concorrentes que por aqui haviam e é, hoje, o maior site de filmes e seriados on demand no país.

Maior e melhor, mas com alguns defeitos ainda: biblioteca pequena e antiga.

Na minha casa, o Netflix acabou mudando a rotina: saiu a tv a cabo (que agora só serve para assistir ao futebol) e entraram os filmes e seriados. Eu e a patroa ficamos viciados em séries desconhecidas (ela muito mais que eu) e estamos assistindo freneticamente a algumas delas, isso sem contar nos inúmeros filmes que estamos revendo e nos filmes clássicos que ainda não havíamos assistido.

Tudo o que você precisa é uma boa conexão, um console de última geração (isso inclui o Wii, embora eu pense que… melhor deixar pra lá) e uma televisão. Claro que quanto melhor a aparelhagem, melhor a imagem. Se a conexão for de 1 mega pra cima já dá pra assistir filmes em HD. Ah, e dá pra ver no PC também. E no iPad… e no iPhone… e no Android… e nas internet tvs da LG e da Samsung.

Recomendo fortemente!


Amanhã é dia de Vita (alguem se habilita a comprar?)

Dia 2 de março finalmente chega ao mercado nacional o sucessor do PSP, da Sony, o PS Vita. Não preciso nem falar de todas as traquitanas e parafernálias que ele pode fazer né? Quer saber melhor, leia meu post (já antiiiigo) sobre os portáteis da atual geração. O preço dele como vocês devem ter acompanhado na mídia, parece um filme do Mel Brooks, uma grande comédia. A Sony acha realmente que o aparelho terá boas vendas no Brasil custando a miséria de 1600 reaus? O aparelho na versão americana custa 250 dólares, cerca de 427 reais. Considerando os impostos e a facada que nego já coloca em cima, ele saindo por 900 reais já começaria a ficar caro, mas não é nem de perto o valor ridículo cobrado pela Sony Brasil. Essa porr@ tem mais é que se ferrar vendo que os brasileiros preferem pagar em importadores do que comprar por aqui mesmo pra aprender.

Segundo a Sony, o preço é porque ele vem com o jogo Modnation Racers, um cartão de 4gb e uma capa de couro. A versão “capada” sem jogos sai por 1400 reais. Eu não tô nem perto de  estar relativamente bem financeiramente para comprar um Vita tão cedo, mas tenha certeza de que quando o fizer, será importando, se o preço não mudar.

Sobre os jogos que vão acompanhar a data de lançamento, há uma expectativa em torno de 25 títulos, entre eles: Hot Shots Golf: World Invitational, UNCHARTED: Golden Abyss, Little Deviants e Ultimate Marvel vs Capcom 3. O valor dos jogos, assim como o do aparelho, não são nada camaradas, custando 200 reais.

Definitivamente precisamos dos cortes nos impostos sobre games, e  corte na malandragem de fabricantes e lojas em cobrar preços bem acima do que deveriam valer. Mas mais do que isso, precisamos de cortes no modo de consumir do brasileiro, o iPhone mais caro do mundo é o nosso, e também o mais vendido…

 


F%$#ing News 15/02/2012

Karateka vai ganhar remake na Live/PSN

Que massa isso, joguei em tudo que é plataforma possível! Karateka é um jogo MUITO das antigas, que saiu primeiro para Apple II lááá pra 1980 e lá vai xoxot@. Posteriormente teve adaptações para Nes, Gameboy, entre outros. Jordan Mechner, criador do jogo, e também de Prince of Persia, disse que está na hora de revivermos o jogo e anunciou um remake para essa geração. Na história, sua gata foi sequestrada (oscar de melhor roteiro original), e cabe a você e sua prática do Karatê, sentar a piroc@d@ em todo mundo que ficar no seu caminho. Claro que hoje muita coisa mudou, mas para a época, assim como Prince of Persia, uma das coisas que impactava o jogo é em como os movimentos pareciam mais reais do que os outros jogos da mesma época.

Surgem novas telas do jogo de Walking Dead

Ainda sem entrar em muitos detalhes de como será o jogo, surgem mais telas do jogo baseado nas hq’s (e não na série, como imaginam) de Walking Dead. Acho que esse gênero de jogos sobre zumbis anda um pouco saturado, mas vamos esperar que seja foda né.

Junto com as imagens, a Telltale Games divulgou também um dos vídeos que eles vão lançar mostrando a produção do jogo, chamado Playing Dead (algo como Bancando o Morto). Isso demonstra um certo zelo a mais com a produção do game.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 197 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: