O Santo Graal dos videogames!

Estava lendo curiosidades sobre games e achei uma história bem legal de um americano que pagou 17.500 dólares por um jogo de NES e… opa, peraí! Quanto? 17.500 dólares?

Pois é… é isso mesmo. O cara pagou 17.500 dólares por um jogo que teve apenas 26 cópias feitas. O cartucho em questão é o Nintendo World Championships 1990 DOURADO. Existe uma outra versão, não tão rara, afinal foram feitas 90 cópias, que é o mesmo jogo mas com o case cinza característico da Nintendo.

O Santo Graal… 17.500 dólares por um jogo de NES. Finalmente os games tem status de obras de arte e são colecionados por sua raridade!

Mas porque esses jogos foram confeccionados?

Em 1990 a Nintendo resolveu fazer um Campeonato Mundial de Games (só nos Estados Unidos porque eles se acham os fodões) e fez eliminatórias em 30 cidades em 3 categorias diferentes: menores de 11 anos, 12 até 17 e 18 ou mais. Cada um dos vencedores das etapas, 3 por cidade e 1 em cada categoria, ganhou uma cópia cinza do jogo para treinar para as finais que foram realizadas no Universal Studios Hollywood. Na verdade esse campeonato foi feito pela Nintendo aproveitando a febre que havia sido lançada pelo filme The Wizard (no Brasil conhecido por O Gênio do Videogame) com Fred Savage… sim o Kevin Arnold de Anos Incríveis. E aproveitou para lançar, de vez, o jogo Super Mario Bros. 3 na terra do Tio Sam.

Mas de onde surgiram os jogos dourados? Como a procura pelos jogos cinzas ficou absurda, e naquela época ter um jogo cinza era um meio de mostrar que você era foda, a Nintendo, através da revista Nintendo Power, resolveu fazer um campeonato e premiou os 26 melhores com uma cópia dourada do jogo. Ficou fácil ter um, né? Na verdade a Nintendo só fez com que os jogos cinzas ficassem em segundo plano. Embora não fossem numerados como os jogos cinzas, que possuíam uma numeração específica e tornaria a checagem pela sua originalidade mais fácil, os jogos dourados viraram a febre dos colecionadores.

Não tão raro quanto o dourado, mas praticamente impossível de ser encontrado hoje e com preço semelhante ao do dourado: 15.000 dólares!

Os jogos eram programados de forma diferente e tinham objetivos específicos a serem batidos no menor tempo possível. Em Super Mario Bros. o objetivo era pegar 60 moedas no menor tempo possível. Em Rad Racer os jogadores tinham que completar uma pista que foi feita especialmente para o campeonato e em Tetris os jogadores tinham que fazer o maior número possível de linhas até que o tempo de 6 minutos e 21 segundos (contando o tempo utilizado nos outros dois jogos) chegasse ao fim. O score era feito da seguinte maneira: Placar de Mario Bros. + Placar de Rad Racer x 10 + Placar de Tetris x 25 = Placar Total. A melhor pontuação conseguida nos campeonatos foi a de Thor Aackerlund, que utilizou-se de uma forma totalmente diferente da dos outros jogadores no jogo Super Mario Bros., enquanto todos os outros jogadores pegavam as moedas e completavam o número de moedas no estágio 1-2, Thor entrava no primeiro cano, pegava as 20 moedas que haviam lá dentro e ao sair se jogava no buraco logo após o cano de saída. Fazendo isso 3 vezes, pegava as moedas em muito menos tempo que os outros jogadores. Thor foi o campeão da categoria 12 a 17 anos.

Mas voltando a história do nosso amigo que pagou 17.500 dólares no jogo… foi praticamente uma novela. Cada dia uma coisa nova aparecia. Um comprador que supostamente ia pagar mais, mas era apenas uma pessoa querendo enganar o vendedor. Um comprador que desistiu na hora de assinar o cheque. E até a desistência da venda do jogo, mesmo depois de nosso amigo já ter até efetuado o pagamento. Mas, depois de muita conversa e muito trabalho psicológico, nosso amigo rico conseguiu seu jogo e foi uma pessoa mais pobre… e mais feliz com seu item raríssimo!

 

 

Anúncios

Sobre Luiz Belonio

Jornalista, Gamer e um dos caras do Doze Bits. Ver todos os artigos de Luiz Belonio

2 respostas para “O Santo Graal dos videogames!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: