Arquivo da tag: 3ds

F%$#ing News – 06/12/2011

 World of Warcraft sabor feijoada já no mercado

Relaxa o c*zinho aí, não é nenhuma inserção culinária nova com pedaços de orcs no mercado não. É que hoje foi o lançamento oficial da versão brasileira de World of Warcraft. Com direito a festa de lançamento e tudo mais em São Paulo, a versão nacional vem com todos os nomes de locais traduzidos e dublados em português, e por mais que pareça estranho a princípio, ficou bem dublado com uma equipe profissional.

A versão nacional vem com o jogo original e mais a expansão Burning Crusade, e mais 1 mês de acesso grátis por 29,99 reaus. Outros modelos de pagamento trimestral e semestral também estão disponíveis, além da assinatura anual, que também dá direito a receber Diablo 3 de graça quando lançar. Considerando quanto tempo eles demoram em produção de cada jogo, cê vai ter muito tempo pra enrabar os delicados da aliança.

Blizzard demonstra interesse em plataformas iOS

Falando em Blizzard,Greg Street, membro da empresa e conhecido nos forums da mesma por Ghostcrawler, deixou 2 comentários indicando um certo interesse da empresa por lançar versões de seus jogos nos aparelhos da Apple.

Todo mundo que conheço tem um iPhone e/ou um iPad, então nós somos grandes fãs dos aparelhos. Se conseguíssemos fazer as mudanças certas nos jogos para isso funcionar, certamente é algo que estaríamos interessados. Não é algo que vocês verão dentro de uma ou duas semanas, mas é o tipo de coisa que estamos sempre de olho.

Já espero ansioso pelo título que me fará mudar Infinity Blade como meu jogo favorito na plataforma.

Fonte: Starcraft 2 Brasil

Nintendo pode fechar o ano pela primeira vez no vermelho

É, não tem Zelda ou Mario Land 3D que segure o ano da Nintendo, pelo visto. É a primeira vez na história da empresa em que fecha o ano no vermelho. Os motivos apontados para o possível prejuízo da empresa são o aumento histórico do yen no mercado econômico, que forçou o governo japonês a intervir na economia, e a fraca recepção do 3DS no lançamento. Também foi sugerido que outro fator seria a popularização das plataformas iOS e android como aparelhos para jogos aumentando a concorrência. Francamente, com o valor de laçamento que foi o do 3DS, e mais o Wii-U, que é um aparelho futuro correndo sério risco de ficar na frente dos concorrentes atuais, mas atrás dos concorrentes posteriores e que não devem estar longe de lançar, acho que a Nintendo vai ter que triplicar seus títulos de Mario, Metroid ou Zelda pra segurar as pontas.

Fonte: Folha.com


Mario Kart real

A Nintendo tá dando um baile nas promoções de alguns de seus jogos. Comentei a pouco tempo da ação de lançamento de Super Mario Land 3d em Times Square e a bola da vez agora é MarioKart, que sai em dezembro.

Em parceria com a West Coast Customs, a Nintendo produziu em tamanho real os karts do Mario e do Luigi para divulgar o jogo no L.A. Auto Show, em Los Angeles. Put@ merda como seria mais legal ainda se tivessem promovido uma corrida com frequentadores da feira e famosos em um ambiente todo tematizado do jogo.

Por*@ tragam isso pro Brasil, please! Mais fotos podem ser vistas aqui


Mario real!

Car@%$# tem horas que você se pergunta “por quê eu não moro em lugar x”? Esse final de semana, enquanto o Brasil recebe a visita do dublador do Mario, o que é muito bacana, e ponto pra gente, Nova York pra festejar o lançamento de Super Mario Land 3D, vai recriar o mundo do personagem em Times Square. Quão fodão é isso? Eu queria tirar uma foto em “Mario World”!

Vão ter trampolins, canos, moedas e até a bandeira pra você pegar. Você ainda pode se fantasiar de Mario e ganha orelhas e cauda como o personagem, e como se não bastasse, ainda vai ter distribuição de pizza de cogumelo di grátis. Poxa eu queria tanto ser nova iorquino essas horas.


Do Want!

A Nintendo divulgou hoje uma edição especial do 3DS comemorando 25 anos de Zelda, oh boy. Que bonitão ele!

Ele vem com Ocarina of Time 3D. Não tem dados ainda de preço ou data, mas deve sair por agora né, afinal, o ano tá acabando, e ano que vem já é 26 anos.


Portáteis da nova geração: Parte 1 – 3DS Apêndice

Só pra constatar aquilo que falei das tendências a melhorar as coisas pro 3DS, publicado hoje no wiiclube

Nintendo registra prejuízo no 1° semestre fiscal, mas 3DS mostra sinais de recuperação

A Nintendo divulgou seus resultados do 1° semestre fiscal (Abril-Setembro) e as perdas ficaram quase alinhadas com o que analistas previam, mas com um prejuízo um pouco menor.

  • Receita –  US$ 2.84 bilhões
  • Lucro operacional (prejuízo) – US$ 755.64 milhões
  • Lucro líquido (prejuízo) – US$ 925.98 milhões

Com isso a Nintendo reviu suas previsões para o ano fiscal completo (que termina em 31 de Março de 2012). Agora a empresa prevê ter receita de US$ 10.41 bilhões e prejúizo de US$ 263.54 milhões.

Grande parte dessa perda foi atribuída aos ativos que a empresa possui em moeda estrangeira, já que 79.2% das vendas no período vieram de fora do Japão. A queda de preço de hardware também ajudou a manter o resultado em baixa.

Do lado positivo, o 3DS teve um aumento nas vendas mundiais. No 1° trimestre as vendas foram de 710,000, enquanto no 2° atingiram 2.36 milhões. Vejam os totais por plataforma entre Abril e Setembro:

  • DS – 2.58 milhões / 28.99 milhões de jogos
  • 3DS – 3.07 million / 8.13 milhões de jogos
  • Wii 3.35 milhões / 36.45 milhões de jogos

Totais desde o lançamento:

  • DS – 149 milhões
  • Wii – 89.36
  • 3DS – 6.68 milhões

Para o ano fiscal a Nintendo reduziu a previsão de vendas do DS, mas manteve os números de Wii e 3DS (veja abaixo):

Em breve Iwata falará com investidores e teremos mais detalhes sobre vendas e, principalmente, planos da empresa para o futuro – o que pode incluir algumas pistas relacionadas ao Wii U.

Via Nintendo


Portáteis da nova geração: Parte 1 – 3DS

Esse ano foi de transição na geração de portáteis, DS e PSP ficando para trás com o surgimento de seus sucessores, o 3DS e o PS Vita, cada um trazendo novos bla bla blas e etc e tal de novidades. Mas a dúvida é, vale investir neles?

A Nintendo trouxe o sucessor  do DS, apostando agora na tecnologia 3D e sem óculos. O 3ds foi lançado no início do ano e, visualmente, os jogos ganharam muito com o potencial gráfico do aparelho em comparação ao modelo anterior. A Nintendo ainda não abandonou a ideia dos cartuchos, mas já desenvolveu melhor o sistema de vendas online. O 3DS agora usa de um canal de vendas virtual da Nintendo, como o Wii, para compra de jogos exclusivos do serviço. Foi acrescentado também o serviço do Netflix, uma empresa que oferece filmes e séries pra assistir via streaming pelo aparelho. O serviço já é utilizado a tempos no PS3, Wii, PS2 e X360. O aparelho ganhou também um direcional analógico, além de câmeras que tiram fotos em 3d e sensor giroscópico, que também pode trazer opções de jogabilidade diferente. O aparelho possui ainda retrocompatibilidade com jogos do DS.

Há alguns meses a Nintendo anunciou o lançamento de um apetrecho extra acrescentando um segundo analógico, que vai dar uma boa ajuda em muitos jogos futuros, que, como o psp já provou, fazem falta pra controle de câmera e outras coisas mais.

Comentários sobre o aparelho: Ok, o 3DS é novo, é um aparelho que você espera muitos bons jogos do padrão Nintendo, mas foi um lançamento um tanto quanto xoxo pro aparelho. Nenhum grande título esteve previsto pros meses iniciais do aparelho, salvo alguns como Street Fighter 4, que você já conhece porque já saiu faz tempos pros consoles de mesa e arcade, e remakes de jogos já consagrados. Isso tende a mudar quando sairem os bons títulos prometidos que estão por vir.

O 3D que a Nintendo tanto fez propaganda no aparelho ainda não mostrou muito a que veio. As opiniões de quem usou se dividem entre o muito legal e o desnecessário. Veja bem, não coloco em questão a necessidade do 3D, que pelo visto não mostrou ser essencial, mas sim o fato de deixar ou não os jogos mais bonitos, bacanas de ver, etc. Algumas pessoas reclamaram que em certos trechos de alguns jogos, você vê coisas duplicadas, o que atrapalha um pouco. Mas pra equilibrar, existem comentários de que em Super Mario Land 3D haverá trechos em que o 3D seja necessário para completar alguns puzzles, isso é uma ideia muito bacana se for bem executada.

A tela touch do aparelho continua, e isso é uma merda. Não, calma, não quis dizer que o touch é uma bosta, mas sim que a Nintendo nao atualizou a tela, ela não possui sensibilidade multitouch. Não que eu ache uma boa ter multitouch em tudo, mas seriam possiveis alguns jogos casuais de estilo conhecido no iPhone que poderiam desenvolver pra ele.

Finalmente acrescentaram um analógico no aparelho, mas isso já gerou polêmica. Agora inventaram essa de oferecer um apetrecho extra adicionando um segundo analógico e mais 2 botões de L e R extras, e a impressão que dá é que o aparelho foi lançado as pressas. Isso indica que provavelmente devem lançar em pouco tempo uma versão mais nova já acrescentando esses extras no aparelho, fazendo com que alguns gastem a mais pra ter outro aparelho, já que é chato e incômodo pra car*#%@ ficar carregando apetrecho extra em algo que deveria ser prático.

O preço do aparelho também parece proibido pra hipertenso de tão salgado que é. Desconsidere nessa questão a falta de títulos, pois isso tende a mudar, leve em consideração apenas o que o aparelho oferece. O visual dele é bonito, tem 2 câmeras e tira fotos em 3d, sensor giroscópico e o baralho a 4, mas pagar 250 dólares, que foi o preço de lançamento do aparelho, tá longe que só a po$@# de ser um preço justo, considerando que o gráfico dele é bonito, mas não é tão mais bonito que um psp, que já tem 6 anos. E nem 3g essa po#@§ oferece! Apenas Wi-Fi! Por conta das vendas que foram baixas pro lançamento do aparelho, e provavelmente por especulações sobre o PS Vita e o preço dele, a Nintendo cortou parte do preço do produto para 170 dólares, e pra equilibrar com as pessoas que já haviam comprado, ela deu jogos gratuitos no serviço online do 3DS. Eu não tenho um pra dizer se foi um prêmio de consolação bom o suficiente. Deixo essa pros que comentarem.

Essas baixas vendas aliadas a especulações sobre o PS Vita não fizeram só o preço do aparelho baixar, algumas 3rd parties resolveram cancelar títulos que lançariam pro 3DS, é o caso da Ubisoft com o Assassin’s Creed que tava planejado. Quem se fo¨% com isso? Você, que tem menos jogos pra comprar e possíveis bons títulos que não terá mais.

Mas apesar de uma opinião dando um tom tão negativo, por conta de todas as coisas que acontecem com o aparelho, ainda assim eu penso em comprar um 3DS. É bem verdade que foram poucos jogos no lançamento, sendo alguns deles remake, jogos foram cancelados, mais essa do apêndice pro segundo analógico, etc, mas ainda assim, imagino que muita coisa vai mudar pra se adaptar a aceitação do mercado, e com isso, trazer de volta as 3rd parties e vários outros jogos. Além de a Nintendo produzir jogos exclusivos fodas, que  são uma característica deles a cada Zelda, Metroid ou Mario lançados.

Títulos que valem a pena jogar, ou esperar com bons olhos:

  • Super Mario Land 3D
  • Kid Icarus
  • Metal Gear Solid
  • Monster Hunter 3G
  • The Legend of Zelda: Ocarina of Time 3D
  • Star Fox 64 3D
  • Super Street Fighter 4: 3D Edition
  • Luigi’s Mansion 2
  • Mario Kart 7
  • Sonic Generations
  • Kingdom Hearts 3D: Dream Drop Distance
  • Tales of Abyss
  • Resident Evil: Revelations
  • Shinobi
  • Shin Megami Tensei: Devil Survivor Overclocked
  • Thom Clancy’s Ghost Recon: Shadow Wars
  • Rayman Origins

Games + Boca suja = Pega no Meu Pixel

Já faz um tempo que estava querendo começar um projeto paralelo, só não sabia do que seria. Como publicitário de formação e designer gráfico de coração, estava mais propenso a algo voltado pra área, muito embora não sabia o que eu poderia aproveitar nesse espaço. Freelas? Um site discutindo sobre o mercado e sobre profissionais? Uma revista virtual? Nah.

Essa é a minha área, mas não é o que geralmente gosto de conversar em meu horário de lazer, então passei pras categorias principais do meu dia a dia de lazer: Quadrinhos? Música? Filmes? Desenhos animados? “P#&&@ nenhuma” me veio logo a mente. Todos esses assuntos eu gostaria de abordar, mas pra primeiro projeto paralelo como um blog, preferi me focar em um assunto só, então foi aí que cheguei a ideia: Um blog sobre games.

Aí eu parti pros detalhes da primeira divisão: “Sobre o que eu vou falar? Como vou abordar?” E depois de uma simples conversa com a esposa pensando sobre nomes pro blog (gostaria de algo que remetesse a games, mas com um “Q” de clássico, porque sou das velhas gerações”) saiu um “Pega no meu pixel, um blog desbocado sobre games”. A resposta dela de imediato foi “perfeito!” Por garantia, perguntei a mais um amigo o que ele achava e ele me responde: “você encontrou um nicho!” E foi exatamente o que pensei, a ideia é perfeita, sou desbocado e gosto de games pra c#%#&*$.

Então cá estou, desbravando esse espaço de comentar sobre games novos, antigos, notícias do mercado e o que mais dessas b*$%#@ tiver pra falar sobre essa área que agrada a tanta gente.

Espero ser do agrado de todos, mas se não for tambem f$*#-se. E um grande abraço a todos.


%d blogueiros gostam disto: