Arquivo da tag: double dragon

F#$endo a sua infância em uma imagem

Pois é, o ilustrador TenderSman, do deviantart teve as manhas de fazer isso em uma arte.

Obrigado por acabar com tudo o que era saudável da minha infância cara.

PS: Pior que a lógica  de Double Dragon é praticamente isso. Lembre-se que os 2 brigam no final pra ficar com ela. Apesar de ser uma sacada fantástica do jogo, ao mesmo tempo não fazia sentido. Você catava uma gangue inteira de gente da pior espécie pra salvar a mina, pra no fim você sentar o pau no seu irmão também e ficar com ela? Mais nada a ver do que isso, só a música do Duane e do Brando dedicada ao jogo.


Yeah, um novo Double Dragon e … oh wait! (ou F%$#ing News 05/04/2012)

U-hu! vamos bater nos caras malvados maninho!

Olha pra essa imagem acima e pense se você espera algo de bom nisso para um novo Double Dragon. Pois é, fiquei um tanto broxado com as imagens de divulgação prévia. Intitulado Double Dragon: Neon, o jogo está sendo produzido pela Wayforward em parceria com a Majesco e devo dizer, somente por conta do nome da Wayforward no meio eu ainda tenho esperança de que apesar do visual, e desse Hi Five tosco, o jogo pode ser muito bacana.

Não sou um fervoroso defensor de conceitos como “isso tem que ser 2D, aquilo tem que ser 3D”, mas acho que sei mais ou menos o que esperar dependendo de cada projeto. Diga-me bons beat’ em ups em 3D com orçamento de um jogo live arcade/PSN que seja fodasso e eu te digo pelo menos 10 em 2D no mesmo nível ou melhor, a começar por Castle Crashers e Scott Pilgrim.

Em resumo, não estou dizendo que o jogo vai ser uma bosta, mas eu já espero que seja assim pelas imagens, e espero muito que eu esteja enganado, só papai do céu sabe o tanto que curto Double Dragon e espero por títulos novos da série.

Double Dragon: Neon tá programado pra julho na Live Arcade e na PSN

Fonte: IGN

PS: Alguem sabe que diabos aconteceu com aquele Double Dragon 2: Wander of The Dragons, que tava sendo produzido pela Barunson Interactive e sairia em setembro do ano passado?


A versão mais X-crot@ de Double Dragon

Lá vem velharia, e dessa vez, pra mim, foi uma velharia nova. Já joguei tudo que é edição de Double Dragon, arcade, nes, master system, mega drive, game boy, game boy advance, iphone, xbox, é só dizer. Com exceção da versão do Zeebo, que nunca nem cheguei perto, e parece ser o mais bacana dos (poucos) jogos lançados pro aparelho, joguei de tudo um pouco.

Ontem tive a chance de finalmente pôr as mãos em uma versão que eu só fui ouvir falar que existia agora na geração internet e youtube, que é a do Atari 2600 (o Atari teve várias versões, a que popularizou no Brasil foi o 2600). Cara que coisa mais bizarra, não é só pelo aparelho em si que não possibilita muito, mas já começa pela caixa do jogo. Curte isso:

A capa não é ruim, a arte segue o estilo visual que quadrinhistas usavam na época, mas pra hoje, é completamente datada, com esse billy e jimmy com cara de trintões, e os maluco atrás se aproveitando da Marion.

Velho, o que é essa capa? Sim, ela segue o estilo visual popular dos quadrinhos da década de 80, mas entre ela, e a usada no Nintendo e outras versões, é N vezes, sou mais a segunda opção fácil.

Não é fantástica, mas é menos datada e mais estilosa

Mas tudo bem, o valor retrô da capa do Atari tem seu charme, dá um poster bem bacana até. Agora vire ao contrário, e veja a mensagem de contracapa.

Parece até uma hq da Marvel nos 80

“Os Black Warriors sequestraram a sua melhor garota…” Oh Wait, é isso mesmo que eu li? Sim, você é um cafetão, ou pelo menos tem várias mulheres em Double Dragon, e porr@ quem são os Black Warriors pra te levar a tua melhor gata assim? Se liguem seus otários, ninguem leva minhas put@s embora e fica de boa não, como farei com apenas 3 agora?

Deixando de lado a pequena história com a capa, vem a parte principal, o jogo. Eita lindeza visual, na boa, deve ser o jogo com cenário mais “complexo” do Atari, e nem tô sendo sarcástico, você tem o piso, os personagens, e o fundo com alguns poucos elementos, é mais que um Pitfall da vida, hehe. Teoricamente, o jogo deveria ser de ação andando lateralmente, mas imagino que por questões de potencial do console, isso não acontece, você aparece em um cenário, os inimigos vem, você mata, a tela some e te joga pra uma tela seguinte com mais inimigos e por aí vai.

O quadrado verde aí é você viu, ele muda de cor conforme muda a tela

Em questão de jogabilidade, essa foi minha primeira curiosidade ao ligar o jogo, o Atari só tem um botão, e Double Dragon se fazia de N tipos de combinações diferentes com os 2 botões nas demais versões, pra gerar os diferentes tipos de golpe que o jogo tem. Apertando o botão, você soca, o botão mais seta pra baixo você chuta, pra cima dá uma voadora, na diagonal, uma cotovelada, e é isso apenas de ataques. Não pense que por isso tua vida vai ser fácil não, eu não consegui passar da segunda tela (leia bem, eu disse tela, não fase, o jogo muda de telas pra avançar) e tomei Game Over, e não existe continue, isso é artigo de luxo de quem joga videogame da geração Nintendo em diante.

Chegue perto pra ver se não te enfio uma bica na fuça. Na verdade enfio não, é foda!

Por conta disso, 20 minutos foi o máximo de tempo que consegui dedicar ao jogo até decidir matar a saudade de Enduro. O jogo é difícil, os golpes não encaixam bem, mas com certeza eu teria adorado jogar isso quando criança na época. E não pense que foi pouco, não dava  5 minutos de jogatina morrer na segunda tela, hehe. Shame on me

PS: No Gamefaqs hoje eu fui dar uma olhada pra saber se alguém um dia conseguiu ir muito mais longe do que eu, e descobri que tem uma manha ficando no canto esquerdo da tela que os inimigos não te atacam. Nem testei ainda, mas assim é fácil terminar o jogo, e sem graça também.


Antes do Game Boy, os minigames

Certa vez fuçando no ebay vendo alguns produtos me deparei com esse aqui:
Posted Image

Eu fiquei doido, isso me trouxe um monte de recordações de minha pré-adolescência. Eu ganhei um desses logo após passar umas boas na praia do futuro, de férias em Fortaleza. Depois de quase morrer no mar, passamos em um estúdio fotográfico pra revelar umas fotos, e vi o minigame do Pit Fighter. Safado como todo moleque é, imaginei que meu pai e minha mãe não me negariam isso tendo passado por uma perrengue de vida e morte. Pedi, e eles disseram “depois”. Acabei ganhando dias depois no natal o Double Dragon 2, meu irmão ganhou o Ninja Gaiden. Eu lembro que adorava esses minigames porque eles eram feitos baseados em jogos de videogame conhecidos, diferente daqueles vôleis e corridas que acostumamos ver em minigames. Na época eu vi anunciando tambem o de Megaman 3 e  Castlevania 2.

Nesse dia que achei esse no Ebay, acabei vendo que tinha muito mais lá nos EUA. Eles foram originalmente produzidos pela Tiger Electronics, e como é de praxe, muitos deles não vieram pra, como Megaman 2, Double Dragon 1, Ninja Gaiden 2 e 3, Battletoads e por aí vai.

Minha pergunta é: Quem mais teve desses jogos?
Aqui vão algumas fotos de uns títulos. Mais deles podem ser vistos no Handheld Museum, tem uma parte lá só da Tiger. Os caras lançaram minigame até do Symphony of The Night! Mas a lista deles não tá completa, já vi outros jogos no Ebay que nem estão listados ali.
Posted Image
Posted Image
Posted Image Posted Image
Posted Image
Fã de “Handheld games”

No mesmo dia, descobri um cara no Youtube com o login de handheldgamefan, ou algo assim, que faz alguns reviews e demonstra um pouco dos jogos. Acho que o cara tem paralisia cerebral porque ele fala um pouco enrolado, e pelo fato de estar em uma cadeira de rodas. Não entendo muito o que ele diz, mas dá pra ver um pouco dos jogos, apesar da imagem não ser tão boa. Achei bacana a dedicação dele comentando de algo assim tão esquecido em tempos de portátil com tecnologia 3d e visual de playstation 3. Tem um gosto de nostalgia muito bacana esses minigames.

Emulando minigames

Tem um maluco que se auto entitula Hipopotam que decidiu criar um site com versões em flash de emulações desses minigames antigos. Infelizmente dos clássicos da série Master, ou Tiger, só tem o Exterminador do Futuro 2, mas existem uns Game & Watch muito clássicos da Nintendo como Donkey Kong, ou Legend of Zelda. Entrem no Pica-Pic e joguem.


Lançado o jogo mais foda do ano!

Um novo Call of Duty? Castlevania: Lords of Shadow 2? Halo 4? God of War 4?

Porr@ nenhuma, o título mais bengala all the times desde a criação do universo é Abobo’s Big Adventure!!!!

Eu já havia comentado em outro post sobre ele, e agora venho avisar a todo mundo que suas vidas já podem sair do marasmo porque já lançaram o game!

Divertido e gaiato pacas o jogo faz sátira a uma porrada de outros títulos clássicos da era NES. Algumas homenagens até por fora. Na primeira fase, um dos inimigos, tem o nome de Bubba Hanks, e o sprite usado foi o do Roper, do próprio Double Dragon, fiquei horas rindo da referência besta a Forrest Gump, já que o sprite lembra muito o melhor amigo do personagem do Tom. Encontrar uma sereia no mar e decidir “cruzar” com ela tambem foi bacana, me gerou três merbobos (mistura de mermaid – sereia –  com Abobo)

O ponto fraco do jogo? É em flash, o que significa que pra usa joystick você tem que pegar aqueles programas como o Joy 2 Key que faz os botões do controle simularem botões do teclado. Acho isso uma bosta, e espero que lancem um dia uma versão instalável do jogo.

Abobo’s Big Adventure é de longe a maior homenagem que poderiam fazer a geração NES de jogos, e você será uma mula se não perder horas de sua vida com ele!

Vai lá jogar, Bitch


Diálogos que (provavelmente) nunca veremos nos jogos

Porque mesmo em jogos onde você tem opção de qual caminho trilhar, você tem limites…

Star Wars: Knights of The Old Republic
Os caminhos que a vida leva...

Double Dragon

Eu sempre me perguntei porque 2 irmãos lutam juntos pra no final sair no tapa pela mesma mulher...

The Legend of Zelda: Skyward Sword

Tava na hora já de cortar essa lenga lenga né minha filha, ou dá ou desce... e acabou que desceu mesmo!

Final Fantasy VI

A-hã Locke, me engana que cê não tá de olho nas pernas dela, seu velho matreiro.


Algumas ilustras gamers minhas

O blog pode até ser novo, mas meus trabalhos com referências a games não são de agora. Abaixo seguem algumas ilustras minhas baseadas em jogos e/ou personagens de games

Blue Bomber

Double Dragon de novo

Christopher Belmont Cores

Trevor Belmont Cores Editado

Marion

Outras ilustras podem ser vistas no meu portfólio de ilustrações no Deviantart.


%d blogueiros gostam disto: