Arquivo da tag: kinect

Xbox One: Primeiras impressões!

Continuando  os posts sobre o Xbox One…

Agora que os ânimos acalmaram um pouco já que tem 3 dias que estou com meu Xbox em casa posso dizer: O console ainda me surpreende. Falarei em tópicos sobre o que eu achei de cada novidade (ou nem tanto) sobre o console.

Dashboard: 

A cara da riqueza! Conseguiu ficar mais foda que a anterior… tudo está mais perto, mais fácil e mais acessível! Os comandos de voz fazem com que as coisas fiquem ainda mais rápidas, mas se você gosta de ter tudo sob controle ela está bem acessível. Tem a cara do Windows 8!

Comandos de Voz:

Faz tudo o que queriam fazer no primeiro Kinect. Você só precisa configurar o áudio uma vez e tudo funciona perfeitamente… er… mais ou menos… hoje tive alguns problemas por ter bastante gente aqui em casa, Dead Rising 3 não parava de pausar e alguns comandos não foram entendidos pelo Kinect pois o barulho na sala era bem grande. Nos momentos em que jogo à noite, tudo foi muito bem. Impressionante mesmo é a velocidade que você pode dar os comandos e a velocidade de troca dos aplicativos. Se você falar “Xbox, vá para (nome do aplicativo)”, ele abre NA HORA e se ao abrir você quiser ir pra outro… ele obedece!

Esse vídeo não é meu, é em inglês, mas foi o melhor que achei pra mostrar os comandos de voz funcionando.

Controle:

Inacreditável a Microsoft ter acertado de novo! O controle parece com o do 360, mas é um pouco mais leve e um pouco menor. Os analógicos estão menores e é praticamente impossível você perdê-los ou eles escorregarem dos seus dedos… os gatilhos com recoil e vibração (sim… eles dão um tranco em jogos de tiro e vibram em alguns outros jogos) são fantásticos. Pra mim, é o controle definitivo. E ainda tem o headset que tem qualidade maior que os antecessores e um som totalmente livre de ruídos e chiados! Ah… o D-Pad vai bem, obrigado. Funciona perfeitamente!

Novo Kinect:

Além dos comandos de voz, o Kinect ainda serve pra jogar… lembram? E ao que tudo indica vai ser uma boa experiência ter o Kinect funcionando bem. Alguns jogos dessa primeira leva já fazem um bom uso do Kinect… em Dead Rising 3, quando você é agarrado por um zumbi, pode simplesmente mover o controle na direção da tela várias vezes e o personagem reage a isso dando uma cotovelada ou um soco no zumbi opressor! Em Forza 5, se você é daqueles jogadores que vira a cabeça quando faz uma curva, o jogo mexe levemente na câmera do carro e mostra melhor a curva onde você vai entrar… é simplesmente fantástico. Espero que o nível melhore ainda mais, mas já está perto do que eu esperava para o Kinect.

Smartglass:

Aqui a coisa brilha bonito… ao menos em Dead Rising 3, onde você recebe chamadas no seu celular através do Smartglass de um personagem do jogo para te passar algumas informações. Não testei no Forza 5 ainda!

Loja de Jogos, Vídeos e Música

Na Live Brasil os jogos full estão sendo vendidos a 199 reais. Na Live US a 59,99 dólares. Vale a pena comprar na Live US e, até agora, nada de travas para comprar. Jogos da Live Arcade estão sendo vendidos a 39 reais no Brasil e a 20 dólares na Live US, compensa pegar esses jogos na Live Brasil… ah… com uma conta americana você consegue comprar nas duas lojas… espero que isso dure por muito tempo. A garota propaganda atual da Loja de Música no Brasil é a Anita!

TV no Xbox, tem no Brasil?

Tem sim… só não tem como nos EUA, mas tem sim… eu assino Vivo TV e liguei a saída HDMI do meu set top box diretamente na entrada HDMI do Xbox One e… voilá! “Xbox, vá para TV!”. Uma pena não funcionar para a grade de programação e para mudar de canal, senão aposentava o controle remoto.

Ah… e por favor, compre uma TV Samsung junto com o teu Xbox One… vai ser mais barato que um PS4K!

 

No geral, o Xbox se mostrou um excelente investimento… já tomou seu espaço na estante e está sendo super utilizado aqui em casa, até pela minha esposa que está ganhando algumas conquistas vendo Netflix, youtube e afins… RECOMENDO!

 

assinatura p2

Anúncios

Finalmente um uso digno para o Kinect… ou, mais um post sobre Skyrim!

Peraí…

“Tem algo errado com esse título, Player 2!”

Possivelmente essa foi a sua primeira reação ao ler o título desse post, certo? E sim… se você pensou isso se enganou!

Um vídeo postado ontem (12/04/2012) no site oficial do jogo, www.elderscrolls.com, fez um furor incrível nas internetz e  varreu todos os pensamentos ruins que pairavam sobre a minha cabeça quanto ao Kinect.

Sério… estou pensando em comprar uma cópia de Skyrim para o Xbox 360 e começar tudo do zero só para ter o prazer de usar todos os recursos apresentados no vídeo.

Façam suas próprias avaliações:

Eu achei simplesmente maravilhoso… já me imaginei gritando um Fus Ro Dah e soltando o maior Thu’um da história de Skyrim…

Microsoft/Bethesda…

Agora sim! Kinect com Fus Ro Dah? Os viciado tudo pira!


Yudi e Priscila apresentam novo vídeo de Star Wars Kinect

Não é bem isso, mas até que parece.

Sei lá, acho que a Nintendo que devia pegar a franquia star wars e lançar um no molde de Skyward Sword, perdi a fé em um Star Wars pra Kinect.

Esse o Jar Jar aprova.


Clássicos Sega voltando?

1 Jet Set Radio relançado na live arcade/PSN

Deus é pai! A Sega soltou alguns teasers essa semana para divulgar que Jet Set Radio, de Dreamcast, será relançado na Live/PSN. Rapaz acho que esse é um dos jogos mais pedidos pelos seguistas, e não é a toa. Um dos jogos que eu mais curti jogar no Dreamcast. JSR é um jogo ambientado em um futuro próximo, onde gangues de jovens de patins turbinados tocam o terror nas cidades com disputas territoriais, regado a muito som e grafites em tudo que é parede da cidade de Tokyo-to. Você acompanha a formação e o crescimento da gangue GG, formada inicialmente por Beat, Gum e Tab.

A trilha sonora de Jet Set Radio sempre foi de destaque, tanto que na versão americana (entitulada Jet Grind Radio) teve a participação de artistas como Rob Zombie.

A Sega não divulgou nenhuma data ainda, só que será no verão norte americano (junho, julho…), mas pra mim é compra certa NA HORA! curte a trilha:

Fonte: Gamespot

2 Crimson Dragon, sucessor espiritual de Panzer Dragoon

Ok, esse jogo não é da Sega, e sim da Capcom, mas ele é o sucessor espiritual de Panzer Dragoon,e esse sim é da Sega. Apelidado antes de Project Draco, ele tem sido desenvolvido por Yukio Futatsugi, um dos criadores de Panzer Dragoon. Ambientado em um futurístico planeta onde humanos conseguem domar dragões, estes dominam os céus atacando outras criaturas aéreas. Você pode escolher entre 6 tipos de dragões diferentes com diversas habilidades. Sendo produzido para o Kinect, Crimson Dragon pode ainda ser jogado multiplayer.

Sendo para Kinect, imagino que deva ser algo parecido com Child of Eden, e bem que podiam colocar o Moebius para fazer a direção de arte do jogo também. Crimson Dragon ainda nao tem data para sair, só foi divulgado que será esse ano.

Fonte: IGN


Novo trailer de Mass Effect 3 foca no multiplayer

Será que isso pega? Um jogo caracterizadamente single player como Mass Effect tentar inserir um modo multiplayer? Tô pagando pra ver, assim como a “bacanice” de usar o Kinect em determinados momentos…


Kinect além dos jogos

Depois da chegada do Wii ao mercado oferecendo novas possibilidades de jogar e forçando os participantes a fazer exercícios como forma de jogo, o mercado se abriu pra mostrar outras formas de game como entretenimento. Quando veio o Kinect, outras possibilidades mais surgiram. Longe de querer falar sobre o quanto esses aparelhos entretem ou prendem o público, ou críticas/elogios sobre hardcore vs casuais. Deixando de lado até mesmo a integração e reabilitação que esses aparelhos proporcionam a deficientes para jogar como talvez não conseguiam antes, a intenção é demonstrar algumas formas que cientistas e universitários encontraram para usar o aparelho além do jogo.

Li uma matéria em que doutores em um hospital no Canadá estavam usando o Kinect como auxiliar nas operações dos pacientes. Eles não usavam o aparelho para movimentar utensílios ou operar por eles, nada disso, mas usavam o sensor para controlar a máquina de raio x, poupando tempo para operar. Da forma tradicional, os médicos precisavam tirar luvas, lavar as mãos, operar a máquina e depois voltarem a operação. Com o Kinect, isso se tornou muito mais rápido. Facilidade é algo que nunca é demais quando se está em uma situação delicada como uma operação.

A área de robótica também ganhou um auxiliar fortíssimo com o Kinect. Até antes do seu lançamento, a ciência robótica tinha problemas em desenvolver robôs que conseguissem se locomover. Para isso, é necessário que o robô tenha uma ferramenta que escaneie e identifique o nosso mundo, no qual ele vai interagir, e as soluções para isso ou eram caras e enormes, ou baratas e muito imprecisas. Com o Kinect, isso se tornou mais fácil, tudo por conta das câmeras do aparelho que permitem identificar o ambiente em 3D.  Grupos de pesquisadores ao redor do mundo tem utilizado o Kinect em máquinas que voam, dirigem, até mesmo em robôs que exploram erosões causadas por terremotos, onde podem procurar por vítimas, as possibilidades são infinitas.

Deve demorar um tempinho ainda até vermos máquinas como estamos acostumados a ver em filmes de ficção científica, mas não me surpreenderia se o Kinect tiver sido um grande responsável por acelerar esse processo.

E aí, consegue pensar em alguma forma diferente em que o Kinect pode ser usado? Quem sabe cê não ganha um patrocínio de uma empresa grande por desenvolver algo único com ele.


Bacana a ação de Natal da Microsoft Brasil

A Microsoft Brasil fez uma campanha de Natal entregando aparelhos de X360 com Kinect em algumas instituições de ajuda e amparo a saúde. Lugares como AVAPE, Aldeias infantis, GRAAC, APAE, AACD receberão aparelhos pra todo mundo se divertir e auxiliar em processos de recuperação também. Para o esquema, a ideia da Microsoft é que para cada mil mensagens enviadas por Twitter e Facebook, seria doado um X360 com Kinect para essas instituições.

Acho isso uma ação muito bacana e é o tipo de ação que merecia ser noticiada e incentivada mais vezes. E como tudo não é perfeito, acho também que ações assim deveriam englobar mais lugares, aposto que as crianças do Sara em Brasília, ou outras instituições, principalmente em áreas mais pobres do norte e nordeste, adorariam que o Papai Noel trouxesse um presente desses.


%d blogueiros gostam disto: